Histórico 2012

Anjo de Papel é um espetáculo encenado com a técnica de teatro de sombras e transparências, e conta a historia de Clara, uma velha mulher que nada têm além de uma tesoura de metal que encontrou jogada por ai. Todos os dias ela vagueia por um mundo de papel amontoado procurando retalhos para dar forma aos seus sonhos. Em um desses passeios encontra um anjo de papel caído e decide cuidar dele. Assim, entre cuidados e insônias nasce uma amizade que mudará seus destinos para sempre.

Cia Fios de SOMBRA – com Anjo de Papel Dias 16 e 17 de Março-PROAC -Secretaria de Estado da Cultura

Fios de Sombra é uma companhia de teatro de animação formada pelos artistas Rafael Curci, Lucas Rodrigues e Paloma Barreto, e sediada em Campinas/SP. O inicio de seu trabalho parte da montagem do espetáculo “Anjo de Papel”, escrito e dirigido por Rafael Curci, contemplado pelo edital FICC (Fundo de Investimento Cultural de Campinas) e montado pelo próprio autor em conjunto com o ator e iluminador Lucas Rodrigues, que divide o palco com a atriz Paloma Barreto.

Técnica: Teatro de sombras e transparências
Duração: 45 min
Realização : Secretaria de Estado da Cultura – PROAC  em parceria com a Prefeitura de Garça
Apoio : ACIG , Movimento Pro Cultura e Imprensa Local
Mais Informes e Agendamento- Secretaria Municipal de Cultura – Rua Minas Gerais , 180 – Fone_ 14-34710210

      06 e 07 de Março
“ Agora e Na Hora de Nossa Hora “

 com Eduardo Okamoto

 

  • A temática

“Agora e na hora de nossa hora” coloca no centro da cena a “cidade invisível”. Todos os dias passamos por ela, mas não a percebemos. Nessa cidade, vivem meninos de rua e também mal os notamos.A cena recria o cotidiano de um desses meninos: um sobrevivente que luta, ama, se esconde, fuma crack, vive. A trajetória de Pedrinha se desenrola de maneira delicada, poética, acompanhada de viola erudita.

Realização PROAC- Secretaria de Estado da Cultura em parceria com a Prefeitura de Garça

Dia 15 de Setembro Circuito Cultural Paulista Apresenta: Avoar. CIA Pic Nic

Com texto de Vladimir Capella (de “Píramo e Tisbe” e “Maria Borralheira”), leva ao palco colagem de cantigas de roda e brincadeiras da infância de quem tem hoje entre 30 e 40 anos, pelo menos. O enredo ganha forma a partir de uma canção que mostra o desejo do cantador. de encontrar a Lua, uma palmeira e uma canção.   A história é a brincadeira de seis palhaços  dois deles músicos, que tocam ao vivo  representando crianças. Mais precisamente, clowns, pois cada um desenvolve um tipo de personalidade infantil.

 Circuito Cultural Paulista – Realização – APAA – Secretaria de Estado da Cultura em parceria com a Prefeitura de Garça

 

 

Dia 29 de Setembro ás 20h Circuito SESI Apresenta: Marcia Mah

•agosto 24, 2012 • Deixe um comentário (Editar)

Celebrando 20 anos de carreira, a cantora Marcia Mah faz um mergulho no universo das tradições. Estreia como compositora com o projeto “la lá ia – um canto plural brasileiro”. O repertório, todo autoral, destaca as folias e modas de catira, passeando pelo samba de roda, a valsa-choro e canções, dando forma a um rico painel do que a música brasileira oferece de melhor dentro de cada gênero. A acústica dos instrumentos e a tônica das letras, evidenciam a relação do homem com a natureza em questões que recriam a atmosfera alegre e a simplicidade das festas do interior.

 


Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: